• ​ A guy plex é um pacote de mechas com tratamento, que minimiza os danos do cabelo e até melhoram a qualidade do fio mesmo depois de descolorido, evitando que o cabelo fique extremamente danificado e ressecado após o clareamento.
  • This is slide 2 description. Go to Edit HTML of your blogger blog. Find these sentences. You can replace these sentences with your own words.
  • This is slide 3 description. Go to Edit HTML of your blogger blog. Find these sentences. You can replace these sentences with your own words.
  • This is slide 4 description. Go to Edit HTML of your blogger blog. Find these sentences. You can replace these sentences with your own words.
  • This is slide 5 description. Go to Edit HTML of your blogger blog. Find these sentences. You can replace these sentences with your own words.

Cronograma especial para mechas reconstrutivas.





A nova tendência em tratamento para os cabelos é o cronograma capilar, mas você sabe o que significa e no quê ele consiste?

O cronograma capilar é um programa de ETAPAS que revezam entre química e tratamento com restauradores capilares com três finalidades: hidratar, nutrir e reconstruir os fios.
Existe um cronograma pronto, montado exclusivamente para quem faz as mecha nos cabelos, e quer ter os cabelos com toque de seda... rsrs.

Para as mechas GUY este cronograma é ainda mais turbinado, porque alé, de ele ter os melhores aminoácidos reconstrutores do mundo, o cronograma ainda conta com tratamentos fantásticos, como a escova Hollywood.

Os nano-pepitídeos reconstrutores são usadas no início do tratamento.



Essa etapa é o primeiro passo de toda reparação capilar, pois prepara o cabelo para resistir á química e impede a quebra do fio na hora do clareamento, repondo aminoácidos e nutrientes especiais do fundo da terra, como a lama vulcânica, e uma injeção de aminoácidos GUY (sintético*), que recompõem artificialmente as estruturas que deveriam estar nos fios, mas foram perdidas com o desgaste do tempo, além de deixá-lo mais resistente.



Após este procedimento que chamamos de "amino-protetor", os cabelos podem ser clareados com segurança. Todo o processo de correção de cor e efeitos luminosos, são realizados, dentro desta etapa.

Em seguida o cronograma capilar sugere que os fios sejam desintoxicados das químicas e restaurados seu estado original de pH e a estabilização das pontes de enxofre, nos chamamos este procedimento Detox de "reversão química".



Logo depois é feito um processo chamado de "matização",onde os fios que acabaram de ser clareados, recebem um banho de nuances, que equilibram os tons do cabelo, e repões pigmentos muito delicados para que os fios agora claros e finos, não fiquem ocos por dentro, essa matização é especial, por não conter amônia e por ser rica em nutrientes que conferem brilho e durabilidade da cor.



Para complementar esta etapa, os fios recebem outro banho especial, chamado de "amino-repositor", um super complexo de aminoácidos hidratantes sejam usados em forma de máscaras de nutrição e reconstrução. As máscaras nutritivas repõem os lipídios nos fios ressecados e costumam ser carregadas de óleos essenciais e vitaminas. Já as máscaras reconstrutoras são específicas para quem realmente tem cabelos danificados, pois visa a reposição da queratina perdida e são identificadas por conter proteínas, como colágeno.


Vale frisar que o tratamento deve ser feito no salão. As máscaras comerciais, que são vendidas ao consumidor direto, costumam ter baixa concentração de princípios ativos. Já as máscaras profissionais são mais concentradas e muitas vezes o próprio cabeleireiro é quem manipula os cremes como no meu caso.

O próximo passo do cronograma é o Botox capilar, eu jah falei dele em outra matéria com detalhes, ele super trata os fios e finaliza todo o processo, selando tudo o que foi colocado dentro do fio.


Após três dias de descanso o cabelo deve receber uma aplicação extra de aminoácidos, nós escolhemos e elegemos a escova Hollywood, como a nossa queridinha, por vários motivos, ela não tem formol, ela não tem foco no efeito liso do cabelo, apenas define a estrutura do fio, ela não impermeabiliza, nem tão pouco isola o córtex, mantendo assim a saúde perfeita do fio e o cabelo continua a receber os nutrientes tranquilamente, ao contrário das progressivas e outros selamentos.


Com mais três dias de descanso aproximadamente e os fios recebem uma "carga de queratina", para fortalecer a fibra e garantir a estabilidade e saúde dos fios a longo prazo.

Esse Cronograma é uma criação de Dani Toledo.



Você conhece os tipos de queda de cabelo?



Existem várias situações que podem proporcionar a queda de cabelo. A queda de cabelo pode ser localizada ou difusa. As causas podem ser genéticas ou adquiridas e os tipos mais comuns de queda de cabelo são a alopécia androgenética, alopécia areata e o eflúvio telógeno e anágeno. Fatores raciais e culturais onde a moda dita padrões de beleza estão diretamente envolvidos.

Cabelo afro-americano: é único em seu formato e estrutura, e devido a sua característica muito retorcida, são usados muitos produtos para tratar e alisar, levando a uma série de problemas. Quando ocorre na linha do cabelo pode ser por escovação muito forte e repetida.

Alopécia androgenética: afeta pelo menos 50% da população por volta dos 40 anos de idade em homens e uma década mais tarde em mulheres. Os cabelos terminais são substituídos por fios de cabelo mais finos e mais curtos na parte superior do couro cabeludo, com escassez relativa nas partes posterior e lateral. Esse processo começa nos homens em qualquer época após a puberdade, com recessão capilar bitemporal, queda de cabelos no vértice, e a seguir afinamento na parte frontal.

Em mulheres, o afinamento difuso envolve a parte superior do couro cabeludo, deixando a linha capilar frontal intacta. Eflúvio telógeno e anágeno: a queda de cabelo nesta situação implica na troca generalizada de fios nas regiões posteriores, laterais e da parte superior do couro cabeludo. Na fase aguda, os testes de puxar o cabelo são positivos em todo o couro cabeludo. Queda intensa de cabelos podem ser por várias causas como: pós-parto, interrupção do uso de pílulas anti-concepcionais ou de reposição hormonal, infecções e doenças acompanhadas de febre alta, traumas físicos e/ou emocionais, pós-operatório, doenças da tireóide, deficiências nutricionais (ferro, zinco e proteínas) ou dietas muito restritivas (com ou sem medicamentos).

Geralmente a queda de cabelos se inicia 2 a 4 meses após o fator desencadeante, por exemplo, após o parto, uma das causas mais frequentes.

Tínea captis ou tinha do cabelo: os fungos são os causadores, ocorrem normalmente em crianças e é contagioso. Normalmente membros da família e colegas de escola podem pegar facilmente essa infecção, especialmente por repartir escovas. Quando ocorre, produz prurido, descamação e vermelhidão, ocorre também quebra do cabelo em sua base.

Algumas vezes inflamação severa e cistos, dentro das áreas afetadas podem ocorrer.

Caspa leve e severa do couro cabeludo pode ser confundida com infecção por fungos.