Especialista em louras

O nome da moda agora é o "Botox Capilar".



O Botulínica Capilar foi desenvolvido associado a Toxina Botulínica Like (vegetal), que desempenha dupla ação na prevenção e tratamento dos cabelos promovendo a manutenção da rede tridimencional da fibra, a um mix de Pedras Preciosas Brasileiras como a Turmalina e a Ametista, que auxiliam na restauração da luminosidade dos fios e no combate ao estresse capilar. Sua fórmula devolve aos fios danificados a massa capilar perdida devido ao envelhecimento e agressões diárias. Elimina o frizz e reduz o volume dos cabelos preenchendo a fibra.


Sem contraindicações, ele age só onde o cabelo mais precisa de reparo. Em geral, a raiz é mais grossa do que as pontas, e o Botox capilar deixa as duas com a mesma espessura. Assim, a técnica elimina as pontas duplas, os arrepiados e o volume do cabelo. O resultado visual é um cabelo liso, sedoso, cheio de brilho e balanço.

Uma pesquisa realizada por uma marca de cosméticos com dermatologistas constatou: 8 em cada 10 mulheres que frequentam clínicas de estética no Brasil fazem Botox facial. Dado esse sucesso, a indústria da beleza inventou o Botox capilar, que trata fios danificados, e a novíssima escova de Botox. Ambos prometem tornar o cabelo que está um lixo em um luxo! A escova alisa, e o tratamento dá brilho e balanço aos fios. 

BOTOX CAPILAR PROMETE FIOS MAIS SAUDÁVEIS, COM MENOS VOLUME E FRIZZ
O "botox" deixou de ser só tratamento estético e ganhou os salões de beleza. A versão capilar é uma técnica de recuperação dos fios que age diretamente na estrutura dos fios, deixando-os hidratados, sem volume e com aspecto saudável. O procedimento é indicado para todos os tipos de cabelo, inclusive os cacheados, porque repõe a massa dos fios, sem alisá-los .

Apesar do nome, o tratamento não usa toxina botulínica

O tratamento ganhou o nome de "botox capilar" por ter resultados parecidos com o procedimento estético facial. O produto, que é específico para uso nos cabelos, dá um aspecto mais jovem ao cabelo porque preenche e cobre as rugas da fibra capilar. Seu segredo é a reconstrução do fio com produtos especializados em vez da toxina botulínica.


A bióloga Mariana Lima alerta sobre o uso do "botox" em procedimentos faciais: "Por ser uma toxina, é preciso ser aplicada por um médico. Ele é produzido por uma bactéria e apesar de ser mais conhecida como produto cosmético, também tem fins medicinais como no tratamento de estrabismo, problemas urinários, problemas com contração involuntária de músculos. É preciso ter cuidado ao usar essa substância", explicou.

COMO FUNCIONA O "BOTOX CAPILAR"

O tratamento sela a cutícula e repõe a massa perdida dos fios por agentes externos como sol e poluição. Com esse preenchimento, a raiz e as pontas ficam com a mesma espessura, eliminando pontas duplas, os arrepiados e o volume do cabelo.

O "botox capilar" deve ser feito no salão com um profissional qualificado. O processo de aplicação varia entre uma hora e uma hora e meia e é finalizado com escova e prancha para melhor fixação do produto. O efeito dura, em média, três meses, dependendo do número de lavagens realizadas nos cabelos. Em São Paulo o tratamento custa entre R$ 250,00 e R$ 500,00 e é feito com a Plástica Hollywood.


"BOTOX CAPILAR" x "CAUTERIZAÇÃO CAPILAR" 

A técnica de requeratinização capilar também recupera os fios. Os dois tratamentos tratam e melhoram o aspecto externo do cabelo, mas a queratina tem menor duração porque apesar de agir no fio desde a superfície até o interior, o produto não fecha as cutículas do cabelo. Assim, a cada lavagem perde-se um pouco da queratina aplicada. Já o "botox" é capaz de selar a cutícula do cabelo. Desta forma, o produto fica "preso" no interior do fio por cerca de três meses, quando ocorre o desgate natural da selagem.

0 comentários:

Postar um comentário

Me pergunte qualquer coisa.

Postagens populares

Minha página no Facebook

Especialista em Louras

Seguir este blog:

Cabeleireira Fashionista Copyright © 2013 - Designer by Papo Garota - Mais Template Mais Template